Voltar

Urubu-rei

Sarcoramphus papa

Reino

Animalia

Filo

Chordata

Classe

Aves

Ordem

Cathartiformes

Família

Cathartidae

Alimentação

Sua dieta é estritamente carnívora, mas não se alimenta de animais vivos, salvo se estiver faminto e a presa estiver agonizando. Como consumidor de carne em putrefação, desempenha importante papel saneador, eliminando matérias orgânicas em decomposição. É imune, aparentemente, ao botulismo. O suco gástrico dos urubus é bioquimicamente tão ativo que neutraliza as toxinas cadavéricas e bactérias, eliminando perigos posteriores de infecção. Quando é alimentado em cativeiro com carne fresca, é limpo e sem mau cheiro. Assim que avista uma carcaça, mergulha rapidamente em direção ao solo e pousa nas proximidades. Por mais fome que tenha, espera cautelosamente durante uma hora. Então, convencido de que não há nenhum perigo, come até mal poder se mover.

Status de conservação

Menos preocupante

DISTRIB. GEOGRÁFICA

Possui uma distribuição abrangente, que vai de toda a América Latina até ao sul do México.

Localização no zoo

Sobre

O urubu-rei recebeu este nome de sua exuberante coloração, presente principalmente na cabeça, pelo seu forte bico e sua carúncula (excesso de pele acima do bico) chamativa, esta que possui a função tátil e é maior no macho. Mas ele também tem esse nome por ser o primeiro animal a conseguir abrir as partes mais difíceis de seu alimento, como a carcaça de um grande animal morto, sendo só então seguido por outras aves necrófagas, que se aproveitam da carcaça já aberta para se alimentarem. Dados da IUCN